Espetáculo: INTERLÚDIO/NIHIL OBSTAT

Espetáculo: INTERLÚDIO/NIHIL OBSTAT


A companhia paulista J.Gar.Cia Dança Contemporânea, apresentará nos dias 19 e 20 de março, do corrente, às 20h, no Teatro Universitário Cláudio Barradas, o espetáculo "INTERLÚDIO/NIHIL OBSTAT", dirigido por Jorge Garcia. O espetáculo recebeu o Prêmio Funarte Petrobrás Klauss Vianna em 2012 e divide-se em dois atos:
- O INTERLÚDIO (2010) é protagonizado por quatro mulheres que, ao se depararem com o público, buscam em seus personagens uma amplificação de sua próprias características. A partir daí, partes de seus corpos começam a ganhar movimentos involuntários e por meio desses estímulos uma gestualidade é desenvolvida, onde o universo clown associado à dança contemporânea funde-se com outras técnicas na construção de um humor debochado, sarcástico e dinâmico.
- NIHIL OBSTAT (2009), O solo atenta para a liberdade e a possibilidade de transformação em cada lugar e a cada momento. Com Henrique Iwao, pesquisador sonoro e músico experimental, o trabalho é instigado pela utilização de mini–amplificadores pelo espaço cênico, buscando um movimento sonoro em diferentes níveis e interferindo na movimentação física do intérprete.
Objetivos Gerais da Companhia:
- Proporcionar a manutenção e desenvolvimento de projetos continuados de uma companhia profissional de dança contemporânea;
- Oferecer campo de atuação para artistas e técnicos profissionais, uma vez que, nosso mercado não supre tal demanda;
- Estimular a formação de público e garantir melhor acesso da população à dança contemporânea;
- Fortalecer e difundir a produção artística independente e seus criadores;
- Fortalecer ações que tenham o compromisso de promover o acesso aos bens culturais.

Público Alvo: estudantes, classe artística/”provocadores” culturais, formadores de opinião, interessados no geral. População das cidades escolhidas, de todas as idades e
faixas sociais.
Com este projeto, a Funarte e a Petrobrás estarão vinculando sua imagem a um produto cultural de alto nível profissional e artístico.  Além disso, estarão efetivamente fomentando a continuidade da J.GAR.CIA Dança Contemporânea, agora com 07 (sete) anos de existência – viabilizados e mantidos por meio de programas de incentivo diretos da Funarte, Secretaria de Cultura do Estado e Município de São Paulo. A companhia surgiu em 2005, para concretizar a proposta do diretor Jorge Garcia de criar sua própria linguagem de dança. Desde então, vem se mantendo com recursos obtidos em apresentações esporádicas e editais de apoio. Um exemplo de parceria bem-sucedida entre criadores/pensadores da dança e os programas públicos de incentivo às artes existentes.
Jorge Garcia mantém aberto o constante diálogo com artistas e companhias brasileiras e estrangeiras, justamente para nutrir e dividir sua criatividade, além de expandir seu horizontes. Por outro lado, suas obras têm priorizado cada vez mais a democratização dessas referências culturais de qualidade, vindas de outros cantos do Brasil e do mundo. Neste pensamento, surgiu a vontade de sair em turnê com dois dos espetáculos mais acessíveis da Cia. (Interlúdio e Nihil Obstat) pela região Norte e Nordeste de nosso país.
Este projeto propõe beneficiar a sociedade com conteúdo de qualidade, com inovações e acessibilidade. E nosso compromisso é o de apresentar arte, competência e excelência através do projeto “Interlúdio e Nihil Obstat”, conforme projeto, em anexo.
O Teatro Claudio Barradas fica localizado na Rua Jerônimo Pimentel, esq. com a Trav. Dom Romualdo de Seixas, no bairro do Umarizal, em Belém
Entrada Franca

Texto reproduzido do projeto, em anexo, por Ana Maria Castro
Assessora de Comunicação do TUCB/ICA/UFPA.

Comentários