Espetáculo "OS MANSOS DA TERRA"


O  Grupo de Teatro Palha apresentará no período de 28 de maio a 01 de junho de 2014, no palco do Teatro Universitário Cláudio Barradas (TUCB) do Instituto de Ciências da Arte (ICA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), o espetáculo teatral " Os Mansos da Terra ", de autoria do paraense Raimundo Alberto Guedes Fernandes e direção assinada pelo veterano Paulo Santana

SINOPSE
Viajando pela região conhecida como Bico de Papagaio, ao norte de Tocantins, os personagens RIBAMAR e QUINZIM encontram um homem ferido. Após prestarem os devidos socorros, levam-no até o abrigo mais próximo, uma gruta de pé de serra. Ali descobrem que  MANECÃO é um pistoleiro profissional, a quem Benjamim das Fontes, um velho dono de terras do Nordeste, encomendou a morte da própria filha e do peão que a seduziu. Outras revelações inesperadas vêm estabelecer entre os circunstantes uma sucessão de conflitos dramáticos. Enquanto isso, lá fora, está prestes a desabar um intenso temporal, seguidos de chuvas bem fortes. Tudo isso poderá colocar em risco a vida dos três, a não ser que se unam contra a mais poderosa das forças da Terra: a Natureza. A obra retrata visceralmente o estado de sobrevida em que as personagens se encontram, o que resulta em uma relação tensa e confusa permeada de afeição, abuso (questionável abuso, diga-se de passagem), velada violência, culminando numa descoberta que permite a morte, a vida e o renascimento.
A peça é de autoria do paraense Raimundo Alberto Guedes Fernandes, que além de poeta, ator, diretor e autor teatral e bacharel em Literatura Brasileira e Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro ( UFRJ ). Concluiu os estudos secundários em Belém, no Colégio Paes de Carvalho (1959), época em que participou de atividades culturais no grêmio estudantil e no Circulo Cultural dos 30. Foi dirigido pelo diretor Cláudio Barradas  na peça Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna (1962). Em 1965 participou de algumas montagens da Escola de Teatro da UFPA e, no ano seguinte, transferiu-se para o Rio de janeiro, onde concluiu em 1968, o curso de Interpretação do Conservatório Nacional (atual Faculdade de Artes Dramáticas da UNI-RIO). Além de experiências como diretor e ator (atuou na premiada encenação de A Construção, de Amir Haddad,1969), dedica-se à dramaturgia, com cerca de 30 peças escritas, varias delas encenadas e premiadas em concursos e festivais Brasileiros.
O diretor de artes cênicas Paulo Santana, é também ator, cantor, diretor teatral, professor e publicitário. Professor da Escola de Teatro e Dança da UFPA (ETDUFPA), nos cursos Técnicos e Graduação em Teatro e Dança. Ex-diretor do Teatro Universitário Cláudio Barradas. Coordenador do curso de Licenciatura em Teatro da UFPA pelo Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica ( PARFOR ). Como ator e diretor, possui mais de 30 anos de experiência na área, tendo atuado e dirigido mais de 90 espetáculos de Teatro, Música e Dança. Também desenvolve atividades de extensão e pesquisa teatral, com ênfase no teatro popular e na linguagem da interpretação teatral.
O Grupo de Teatro Palha, Associação Cultural Sem Fins Lucrativos, fundada em 06/09/1980, há 33 anos vem desenvolvendo suas atividades voltadas para o teatro, com realizações de oficinas, seminários e espetáculos teatrais que enfatizam a realidade do homem amazônico, sua cultura, lendas e acontecimentos que marcaram a trajetória cultural da região. Nos últimos 5 anos iniciou uma pesquisa voltada para o resgate da literatura e dramaturgia paraense e centraliza esforços na pesquisa de personalidades que contribuíram para a história da região. Como resultado trouxe para cena a história de Bruno de Menezes, com Batuque, obra que retrata os Quilombolas da Amazônia, suas crenças e costumes. Ismael Nery, com a montagem do espetáculo Nu Nery, que traz para o palco a história de um dos maiores artistas paraenses e um dos precursores do movimento modernista brasileiro, com suas realizações pictóricas, poéticas e sua relação conturbada com Adalgisa Nery e Murilo Mendes. Outra montagem traz para cena a trajetória de Júlio Cezar Ribeiro de Souza, com Júlio Irá Voar, espetáculo que relata a saga deste cientista paraense, um caboclo do município de Afuá, considerado o precursor do princípio da Aerodinâmica. Theodoro, que retrata a importância de Theodoro Braga para as artes plásticas, um paraense que retratou as paisagens da Amazônia. E mais recentemente, estreou duas obras do escritor paraense José Maria Vilar: As Mulheres e a Mulher que Empalhava Bichos e Cobras, ambas contempladas com o Prêmio Myriam Muniz e Procultura, respectivamente. As realizações do Grupo fazem parte de seu repertório e continuam sendo apresentadas de forma gratuita para alunos da Rede Pública de Ensino, com circulação pelo interior do Estado. Vale ressaltar que todas as montagens receberam patrocínio da Petrobras, Funarte, Eletronorte e empresas locais, além de serem contempladas com Prêmios de Circulação Nacional, como o Myriam Muniz da Funarte e o Edital de Circulação da Caixa Econômica Federal.

O espetáculo fica em cartaz nos dias 28, 29 e 30 às 20 horas. No dia 31 haverá sessões às 18 e 20 horas e no dia 01/06 às 20 horas.    
O ingresso custará R$ 2O,OO (Inteira) e R$ 10,00 (meia). Sendo que para alunos da ETDUFPA, com a apresentação de carteirinha ou comprovante de matricula, (valendo para qualquer curso), o ingresso será R$ 8,00 (oito reais).

 ELENCO
Arnaldo Abreu .............  Manecão Serafim – Benjamin das Flores
Camila Góes ................. Quinzim – Denora
Luiz Girard .................... José de Ribamar
 FICHA TÉCNICA
Raimundo Alberto ................................... Autor
Geraldo Sena ......................................... Melodia, Arranjo e Direção Musical
Ila Falcão .............................................. Figurino e Customização
Wilque Oliveira e Paulo Santana ............. Criação e confecção de Cenografia e Adereços
Malu Rabelo .......................................... Criação de Iluminação
Nelson Borges ........................................Sonoplastia, Visagismo e  Arte de Cartaz
Direção ................................................. Paulo Santana
Assistente de Direção ..............................Luiz Girard
Assessoria de Imprensa .......................... Ana Maria Castro
Produção ...............................................Tânia Santos
 Fotografia..............................................Márcio Ferreira
 O Teatro Universitário Cláudio Barradas fica localizado na  Avenida Jerônimo Pimentel, 546, esquina com a Travessa D.  Romualdo de Seixas, no bairro Umarizal, em Belém. 
Mais informações pelo telefone (91) 3249.0373
ANA CASTRO - ASSESSORA DE COMUNICAÇÃO DO TUCB
POSTADO POR: CAMILA GÓES - BOLSISTA DA SECRETARIA DO TUCB

Comentários